Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. Clarice Lispector
Escrevo como se estivesse dormindo e sonhando: as frases desconexas como no sonho. É difícil, estando acordado, sonhar livremente nos meus remotos mistérios.Clarice Lispector

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

O Cancioneiro...



Tu tens um olhar de ternura.
De pura magia.

De alma pura.

Que no palco da vida.

No dedilhar da viola

Que encanta, canta e chora.

Afinada pela cantoria

Do cancioneiro apaixonado.

Faz dissipar qualquer tristeza.
Que vem e assola

Esse coração que chora...


Roseli A.

3 comentários:

  1. Seiii... Temos viola agora!!! Bom, mudaremos o ritmo!!! Gosto de sertanejo, de poemas também rsrs

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Temos sim...tem até o dono da viola...kkkkk

    ResponderExcluir