Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. Clarice Lispector
Escrevo como se estivesse dormindo e sonhando: as frases desconexas como no sonho. É difícil, estando acordado, sonhar livremente nos meus remotos mistérios.Clarice Lispector

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Me conta...


Me conta...
Da dor que angustia o teu peito

E eu te contarei...
Do remédio que te curará

Me conta...
Dos segredos guardados em ti desde criança

E eu te contarei...
Como saltar esse grito preso em tua garganta

Me conta...
Do que não fizestes por medo

E eu te contarei...
Da coragem guardada em ti

Me conta...
Dos teus anseios

E eu te abrirei todas as portas pra que possas entrar

Malu Monte

http://malumonte.blogspot.com/

terça-feira, 27 de julho de 2010

Com o vento...


A casa estava silênciosa.

Abro a porta da minha alma.

Saio vagando sem destino.

É outono.

As folhas secas das calçadas são carregadas pelo vento...

Levando as folhas para lugares distantes.

Meus pensamentos se vão com o vento.

Saem de mim e não sei se voltarão.

Se irei recuperá-los...

Meus sentimentos são como o vento.

Que dançam no embalo da sua própria canção.

Deixo o vento me levar.

Que me mostre a direção.

Que ele me leve onde quiser...

Apenas me leve...

Leve...Leve...

Roseli A.

sábado, 17 de julho de 2010

A vida passa...

A vida passa...

Brevemente...

E corre por entre os dedos.

A vida passa...

E se vai como o vento.

Vento que toca a face.

Que desalinha os cabelos.

A vida passa...

E corre o tempo.

Tempo que não volta mais.

E permanecemos os mesmos.

Inconclusos...

Incompletos...

Passamos pela vida.

E a vida passa por nós.

A vida passa...

E esquecemos de viver...


quarta-feira, 14 de julho de 2010

Você me encontrou...


Você me espiou.

E comentou.

Eu te espiei.

E respondi.

Você me seguiu.

Eu agradeci.

Você me respondeu...

Eu me surpreendi.

Você me (des)escreveu.

Eu me encantei.

Você veio ao meu encontro.

Eu correspondi.

E sorri.

Você se entregou.

Eu me devolvi.

Você me encontrou.

Quando não te procurava.

Roseli A.