Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. Clarice Lispector
Escrevo como se estivesse dormindo e sonhando: as frases desconexas como no sonho. É difícil, estando acordado, sonhar livremente nos meus remotos mistérios.Clarice Lispector

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Frieza...Florbela Espanca...

video

Um comentário:

  1. Lindo poema!
    Só poderia ter saído de uma cabeça iluminada como a de Florbela Espanca.
    Parabéns pelo seu bom gosto!

    ResponderExcluir